terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Grupo Curió "interdita" novamente Serra Pelada


Mais uma vez, o garimpo de Serra Pelada sofre intervenção do grupo liderado pelo prefeito de Curionópolis, Sebastião Curió. Desta feita, a interdição teve como fator a "armação" feita pelo ex-presidente da Coomigasp, Josimar Barbosa, que conseguiu uma liminar judicial na Comarca de Curionópolis, anulando a assembléia que elegeu a atual diretoria, que tem na presidência Valder Falcão.
O atual presidente, com apenas um ano à frente da Coomigasp, conseguiu o Alvará de Pesquisa, Carta de Anuência e o contrato com a empresa Colossus, que tem a responsabilidade de realizar as pesquisas que nortearão as ações em sua quantidade de valor, através da Serra Pelada Mineração (SPM).
O avanço conseguido pela diretoria em tão pequeno espaço de tempo levou os adversários dos garimpeiros ao desespero. Estes por muito tempo estiveram à frente da Coomigasp, sem nada conseguirem em termos de avanço.
O crédito debitado ao presidente Valder Falcão, pelos garimpeiros, tem sido o marco da atual administração, desconsiderando, por conseguinte, qualquer proposta feita pelos adversários, o que os levou a ingressarem na Justiça, utilizando "artimanhas" que podem reverter em prejuízo aos garimpeiros. No passado, quando estes administravam a Coomigasp, os garimpeiros tornaram-se vítimas da péssima gestão.
Hoje, os garimpeiros aguardam confiantemente o resultado das pesquisas, que dará a oportunidade de receberem os prêmios previstos no contrato firmado entre a Coomigasp e a Colossus, podendo chegar a mais de um bilhão de reais. A essa quantia, soma-se mais 40 toneladas do rejeito (montoeira) que já foram encaminhadas ao laboratório. O resultado será liberado nos próximos dias, com a venda repassada em sua totalidade aos garimpeiros, legítimos beneficiários.
Na sexta-feira passada (25), ocorreu uma grande concentração de garimpeiros na sede da Freddigasp, em Imperatriz, que tem como líder na região tocantina Gessé Simão. Nessa reunião, os garimpeiros manifestaram o desejo de se deslocar para o garimpo em Serra Pelada, objetivando garantir a retomada das pesquisas.
Dada a manifestação dos garimpeiros, Gessé Simão manteve contato telefônico com o dr. Heleno, diretor gerente da Colossus, expondo o desejo manifestado pela classe. Segundo Gessé Simão, por conta da sua sensibilidade e do respeito pela classe garimpeira, o dr. Heleno disse: "Se é uma exigência dos garimpeiros, não estou para perder tempo. Vamos, então, colocar as máquinas para funcionar e iniciar o serviço?".
Gessé afirma que de fato aconteceu o acordado com o dr. Heleno. "Acompanhado pelos garimpeiros em Serra Pelada, o trabalho de pesquisa foi reiniciado no dia seguinte (26)". Gessé comenta que, havendo recebido o aval do presidente Valder Falcão, ainda esta semana terá encontros com o presidente da Coomigasp e com o dr. Heleno, com o objetivo de aumentar o número de sondas, para que o resultado das pesquisas possam ser apresentados no mais breve espaço de tempo.
Gessé finaliza solicitando a Deus que abençoe o trabalho ora realizado e que nenhuma intervenção possa voltar a acontecer, prejudicando as escavações, e que os tão sofridos garimpeiros possam, finalmente, realizar o sonho buscado e esperado, que é a concretização econômica, que mudará a vida de cada um garimpeiro associado da Coomigasp.

(Da Assessoria da Freddigasp)

2 comentários:

Rosário Notícias disse...

E lá vamos nós!!! Isso é o nosso Brasil!! Abraços.

José María Souza Costa disse...

Tem dias que eu fico pensando na vida. E de tanto pensar, eu nem vejo saida.
Sei lá,sei lá,a vida é a melhor solução. Sei lá, sei lá,nem sei quem está cm a razão.
(V. de Moraes)
É pra ri, mesmo.